Copiar os mestres - Uma boa forma de praticar desenho

Como melhorar sua performance no desenho?

Existem várias formas de representar o jogo de luz e sombra das formas, há quem prefira sombras mais "densas" outros utilizam mais hachuras, há desenhos em que predomina os traços lineares, em outros observamos uma distribuição de massas mais difusa, há os desenhos mais "duros" assim como existem os mais "gestuais". Enfim, existem tantos estilos de desenho como personalidades de pessoas, e é exatamente por isso que estudar os velhos mestres se torna tão enriquecedor, é a melhor forma de entrar em contato com diferentes abordagens, que irão lhe ajudar a construir seu próprio vocabulário.
Cópia desenho Sargent
Earl Spencer, 1916 - Cópia a partir de Sargent

Copiando os velhos mestres...

Graças a internet, temos a nossa disposição toda a sorte de desenhos que quisermos, ainda que eu prefira comprar livros, não há qualquer desculpa para não começar hoje mesmo a praticar! 
Para começar, e após ter escolhido um desenho, recomendo que utilize o cavaleta ao invés da mesa, deixe sua visão perpendicular ao papel assim como faria ao pintar um quadro, isso evita distorções de perspectiva.
Ao iniciar, esteja atento as características dos elementos que compõem o desenho, como foi empregado o uso das "linhas"? Como foi distribuído os "valores" (Claro e escuro) na composição?, Quais elementos intensificam o efeito tridimensional das formas? O brilho é representado com adição de branco ou deixando a mostra o claro do papel?

Cópia desenho Sargent
Myra Hess, 1920
Cópia a partir de Sargent 
Confesso que por mais estranho que possa parecer, não tenho tanta satisfação em desenhar como tenho ao pintar! Por isso, tenho passado de forma bem objetiva por essa etapa do desenvolvimento da obra... Mas por se tratar de um ponto essencial para quem quer evoluir como pintor, estou me organizando para intensificar meu treino de desenho, ou seja, copiar mais e mais!
Cópia desenho Sargent
Gabriel Fauré, 1896 - Cópia a partir de Sargent 

Não limite seu treino a cópia de desenhos, até por que, também é perfeitamente possível praticar desenho copiando a partir das pinturas dos mestres. E o lado bom dessa abordagem é que você desenvolve a capacidade de interpretar traduzindo as informações da pintura para o vocabulário do desenho.
Cópia desenho Coubert
Cópia de auto retrato de Gustav Coubert

Por fim, acho que existem muitas formas de se iniciar no mundo do desenho, mas o que é inegável é que só há uma forma de evoluir, praticando! E se existe uma boa companhia para te acompanhar nessa processo, você pode ter certeza, são os caras que alcançaram a excelência nessa arte há muitos e muitos anos atrás!

Para os que assim como eu, gostam de ter os livros com as reproduções das obras, para a maior parte dos desenhos ilustrados nesse post eu utilizei o Sargent Portrait Drawings, 42 Works by John Singer Sargent. Dover Art Library.

Comentários